UM MONSTRO ENTRE NÓS: A ASCENSÃO DA LITERATURA GÓTICA NO BRASIL DA BELLE ÉPOQUE

Alexander Meireles da Silva

Resumo


Diferente do que pode ser observado na Literatura Norte-Americana, a Literatura Gótica no Brasil apareceu durante o Ultra-Romantismo, através de Álvares de Azevedo e o seu Noite na taverna (1855), mas não criou raízes devido a diferentes razões. No entanto, semelhante às criaturas
que habitam a sua narrativa, a Literatura Gótica ressurgiu das trevas no Brasil do início do século vinte para mais uma vez assombrar a cena literária brasileira. Esse ressurgimento ocorreu durante o período histórico conhecido como a República Velha (1889-1930) e, mais especificamente, na época da Belle Époque carioca (1889-1918), quando a ciência e o progresso mudaram a face do Rio de Janeiro. Ao lançar luzes sobre esse obscuro e pouco explorado momento da Literatura Brasileira este trabalho busca contribuir para o entendimento do desenvolvimento do Fantástico e do próprio
romance em nosso meio. Para realizar este propósito este artigo pretende demonstrar como os escritores Coelho Neto e João do Rio desempenharam um papel chave no desenvolvimento da Literatura Gótica brasileira pelo diálogo que suas obras apresentaram com as convenções literárias
da Literatura Gótica Britânica e Norte-Americana.PALAVRAS-CHAVE: Literatura Fantástica; Literatura Gótica; Literatura Brasileira.

Referências



Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.