Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Interatividade

HC-UFTM cria jogo que conscientiza sobre a prevenção ao coronavírus

Publicado: Quarta, 16 de Setembro de 2020, 14h44

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro criou uma ferramenta divertida para conscientizar a respeito das principais formas de prevenção contra o novo coronavírus. O jogo "No Bugs” acaba de ser lançado, como uma das atividades da unidade hospitalar alusivas ao Dia Mundial da Segurança do Paciente, comemorado em 17 de setembro.

No game, o jogador deve eliminar cópias virais que atravessam a tela, clicando sobre os personagens para destruí-los. A passagem se torna progressivamente mais rápida, e a chegada do vírus até o topo da tela faz com que o placar de saúde do participante reduza. São seis cores de vírus, com diferentes potenciais de dano ao placar.

Aleatoriamente, o jogo lança imagens representando medidas de prevenção, como a higienização das mãos, o uso de máscaras e o distanciamento social. Ao tocar ou clicar nesses elementos-chave, o jogador elimina de uma só vez todos os vírus presentes na tela.

“Nossa intenção é confortar o trabalhador, o paciente e suas famílias em suas casas, numa forma de cuidado estendido, uma descompressão para esse momento que traz tantas tensões. O jogo é simples e voltado para toda a comunidade, em todas as faixas etárias”, define Fernanda Carolina Camargo, chefe do Setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente do HC-UFTM.

Já o chefe do Setor de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação do HC, Rodrigo Ferretti, complementa que o game é gratuito e possui tutorial explicativo, podendo ser jogado com ou sem contagem regressiva de pontos, o que proporciona, também, a opção de um passatempo descontraído.

O aplicativo pode ser baixado em celulares com sistema operacional Android ou em computadores. As versões estão disponíveis no link http://www2.ebserh.gov.br/web/hc-uftm/aplicativo-no-bugs-jogo- . No caso de download para uso em computador, é preciso descompactar a pasta Zip e, em seguida, executar o arquivo com extensão .exe.

 
Fonte: Unidade de Comunicação do HC-UFTM
 
 
0
0
0
s2sdefault
Fim do conteúdo da página