Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página


Mobilidade para a UFTM

Visando à internacionalização da universidade, a UFTM recebe estudantes no âmbito de Programas de Mobilidade e de Acordos de Cooperação estabelecidos com universidades estrangeiras. 

Os estudantes estrangeiros poderão cursar até dois semestres acadêmicos (exceto PEC-G) na UFTM. O grau será atribuído pela universidade de origem, sendo emitido um certificado com a relação das disciplinas cursadas e atividades desenvolvidas na UFTM. 

A apresentação de documento que comprove a proficiência em língua portuguesa estará condicionada às exigências dos Editais.


Modalidades oferecidas aos alunos em intercâmbio

Cursar disciplinas
Desenvolver estágio ou projetos de pesquisa sob orientação de um professor da UFTM

Requisitos para candidatura

Aluno regularmente matriculado em instituição estrangeira de nível superior que tenha acordo de cooperação com a UFTM;
Apresentar nível intermediário de português (certificado Celpe Bras);
Ter concluído o mínimo de 20% e máximo de 90% deu seu curso na universidade de origem;

Processo de candidatura

Documentos necessários:

- Formulário de Candidatura de Aluno Visitante;
- Histórico escolar (autenticado pela universidade de origem);
- Cópia do passaporte;
- 2 fotos 3x4
- Plano de estudos: lista de disciplinas que o estudante gostaria de cursar na UFTM; essa lista deve ser autorizada (com assinatura e carimbo dos responsáveis) pela Universidade/Faculdade de origem. No caso dos alunos de pós-graduação, é necessário apresentar descrição do projeto de pesquisa e das atividades que deseja desenvolver ou complementar na UFTM. O plano de estudos poderá sofrer alterações de acordo com a apreciação do professor tutor e do coordenador de curso, e conforme a oferta de disciplinas;
- Carta de motivação do próprio aluno, descrevendo seus objetivos e seu plano para alcançá-los;
- Carta de recomendação emitida por professor da instituição de origem;
- Ementa das disciplinas concluídas: documento no qual conste o conteúdo abordado em cada disciplina cursada.

Os documentos serão enviados à Assessoria de Cooperação Internacional (ACI) por e-mail em um único arquivo no formato .pdf ao endereço: aci@uftm.edu.br; sec.aci@uftm.edu.br.

Caso seja necessário enviar os documentos via correio, o endereço é o que segue:

Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Assessoria de Cooperação Internacional
Rua Conde Prados, nº 191
Bairro Abadia
CEP 38025-260
Uberaba/Minas Gerais, Brasil.


O recebimento de candidaturas está aberto em fluxo contínuo, desde que o período de intercâmbio atenda ao calendário interno.

Carta de aceite na UFTM

A ACI emitirá a carta de aceite aos estudantes que atenderem a todos os critérios estabelecidos, respeitando o prazo indicado. A carta de aceite será encaminhada diretamente para o Escritório de Relações Internacionais da universidade de origem do estudante.

Visto

Com a carta de aceite em mãos, o aluno deverá providenciar o visto de estudante, junto ao serviço consular brasileiro em seu país de origem. O visto temporário IV será concedido ao estudante de uma instituição de ensino superior estrangeira aceito para realizar um período de estudos no Brasil.
A UFTM não aceitará estudantes internacionais que não estejam em conformidade com a legislação vigente.

Em geral, são exigidos os seguintes documentos para obtenção do visto:

- Passaporte com validade superior a seis meses;
- Formulário de pedido de visto; 
- Fotografia recente;
- Atestado de antecedentes criminais expedido há menos de 3 meses pela autoridade local responsável;
- Carta de aceite da UFTM;
- Seguro de cobertura de assistência médico-hospitalar válido para o Brasil, efetuados por empresa de seguro de âmbito nacional que cubra todo o período de intercâmbio;
- Pagamento de taxa.

Outros documentos poderão ser exigidos. Entre em contato com o consulado brasileiro em seu país de origem.

Renovação de visto

Para alunos que vierem cursar um semestre e decidirem cursar dois, ou para alunos PEC-G e PEC-PG que recebem visto temporário e devem renová-lo a cada ano, atenção ao prazo de renovação: compareça na Polícia Federal até um mês antes do vencimento do seu visto no Brasil para solicitar a renovação. Após esta data, será cobrada multa por atraso.

Exigências e procedimentos após a chegada no Brasil

Após a chegada em território brasileiro, uma série de documentos deve ser providenciada para a regularização de sua situação no país.

Apresentação na Polícia Federal

O estudante intercambista deverá apresentar-se na Polícia Federal em no máximo 30 dias a partir da data de sua chegada ao Brasil, a fim de realizar o Registro Nacional de Estrangeiros e adquirir sua Carteira de Identidade de Estrangeiro Temporário (CIET). Tal procedimento é desnecessário àqueles que tenham nacionalidade brasileira.

Documentos necessários:

- Passaporte original válido;
- Cópia das páginas usadas do passaporte;
- Pedido de visto (Visa Application);
- Duas fotos ¾ recentes, coloridas, com fundo branco e em posição frontal;
- Comprovante de agendamento impresso;
- Formulário para a Polícia Federal preenchido e impresso. 
- O formulário está disponível online no site https://servicos.dpf.gov.br/sincreWeb/

Dicas para preenchimento:
Em "Unidade Polícia Federal", escolher MG (Minas Gerais) e Uberaba;
Sempre escrever o nome completo segundo a ordem brasileira: Nome e Sobrenome;
Em "Ocupação principal", escolher "Estudante".
Para agendar uma visita na PF, acesse:
https://servicos.dpf.gov.br/sincreWeb/pesquisaAgendamento.jsp

- Comprovante de pagamento de duas taxas:

Taxa de registro de Estrangeiro – R$106,45*
Taxa de Carteira de Estrangeiro (1ª via) – R$204,77

OBS: Pessoas provenientes de países lusófonos têm isenção da Taxa de Registro de Estrangeiro.

Para pagar as taxas:

Guia 1: Taxa de Registro de Estrangeiro

1- Acesse o site www.dpf.gov.br
2- Selecione, nas opções GRU – Guia de Recolhimento da União, o botão Estrangeiros/Imigração;
3- Selecione a opção 3: Pessoas e entidades estrangeiras;
4- Preencha a Guia de Recolhimento da União – GRU: o endereço deve ser do Brasil. No campo Unidade arrecadadora, selecione: MG (015-9) Superintendência Regional do Estado de Minas Gerais.

5- No campo Código da Receita STN, digitar 140082. Aparecerá escrito: Registro de Estrangeiro/Restabelecimento de Registro e o valor a ser pago. 
6- Conferir os dados preenchidos, clicar em GERAR GUIA e imprimir.


GUIA 2: Cédula de Identidade de Estrangeiro

Repetir as instruções 1 a 4 acima;
No campo Código da Receita STN digitar 140120. Aparecerá escrito: Carteira de Estrangeiro de primeira via e o valor a ser pago;

Conferir os dados preenchidos, clicar em gerar guia e imprimir;

As guias impressas podem ser pagas em qualquer agência do Banco do Brasil até a data do vencimento e antes de realizar seu registro na Polícia. Leve o comprovante de pagamento das taxas no momento do registro.

Endereço da Polícia Federal em Uberaba/MG
DPF Glorivan Bernardes de Oliveira
Rua Delegado Agílio Monteiro, nº 10 – Parque do Mirante. 
CEP 38081-000 Uberaba/MG
Telefone: (034) 21045200 (034) 33131500

Reiteramos que o registro deve ser feito até 30 dias após a entrada no Brasil. Depois dessa data será cobrada taxa diária e o estrangeiro torna-se ilegal no país.

Todos os estrangeiros devem trazer uma cópia do RNE (Registro Nacional de Estrangeiros), bem como uma cópia do seguro-saúde e visto de estudante para a ACI assim que obtiverem tais documentos.

CPF – Cadastro de Pessoa Física

O CPF (Cadastro de Pessoa Física) não é obrigatório para estrangeiros, mas é necessário em diversas situações como: movimentações financeiras (para abrir uma conta bancária, por exemplo), aquisição de bens no Brasil (linha telefônica, por exemplo) e registro em serviços públicos e privados.
Para tirar o CPF o estudante deve procurar uma agência do Banco do Brasil ou agência dos Correios e solicitar o documento.

Fim do conteúdo da página